29 ago 2016
agosto 29, 2016

Por que espirramos?

Clipping Saúde 0 Comentários

O espirro é uma reação involuntária do nosso organismo, provocada principalmente pela presença de micro-organismos em nossas vias respiratórias, isto é, no nariz, na garganta e na boca. Esses micro-organismos podem ser vírus ou bactérias, relacionados a doenças como gripes e resfriados, ou partículas como pólen e poeira, que incomodam bastante quem tem alergia a essas substâncias. Quando nosso organismo detecta a presença desses micro-organismos, providencia um espirro – um forte jato de ar que sai pelo nariz e a boca e pode chegar a até 160 km por hora! Junto com todo esse ar lá se vão os micro-organismos intrusos!

Para que isso aconteça, o nosso organismo aciona outras partes do corpo, além do nariz, da garganta e da boca. Quando o chamado nervo trigêmeo identifica a presença dos micro-organismos ou partículas irritantes, ele comanda a contração de músculos das costas e do abdômen, do tórax e das costelas, de forma a encher o pulmão com bastante ar. Depois, todo esse ar é expelido de uma vez só, em um sonoro atchim!

Mas nós também espirramos quando o sol bate diretamente em nossos olhos. Esse outro tipo de atchim é chamado de espirro de reflexo fóptico. Fóptico significa o que tem relação com a luz. Logo, esse tipo de espirro é provocado por estímulos luminosos, como o sol ou mesmo uma lâmpada muito forte. Isso acontece quando um feixe de luz chega de repente aos nossos olhos e estimula o nervo óptico, que então envia sinais para que o cérebro contraia a retina, protegendo-a dessa fonte de luz. Como o nervo óptico está localizado bem pertinho do nervo trigêmeo, acaba acontecendo uma confusão! O nervo trigêmeo também recebe o recado do nervo óptico, entende que está ocorrendo uma irritação nasal e providencia aquele sonoro atchim!

Fonte: Invivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *